Inacreditável cachoeira artificial de 105 metros em um arranha-céu chinês

A cachoeira de 105 metros de altura fica em um requintado arranha-céu no coração de Guiyang, a capital de Guizhou.

As cachoeiras são alguns dos espetáculos naturais mais belos do mundo, mas geralmente é preciso viajar um bom tanto a partir das cidades para se chegar em uma. A construtora chinesa Guizhou Ludiya Property Management decidiu mudar isso. Sua equipe criou a maior cachoeira artificial do mundo, em um arranha-céu localizado na cidade de Guiyang, capital da província de Guizhou, no sudoeste do país.

Chamado de Liebian International Plaza, o arranha-céu de usos diversos tem 121 metros de altura e é lar para um hotel, shopping e escritórios.

Polêmica

A visão é incrível, não há como negar. Com 105 metros, a cachoeira projeta um arco-íris glorioso na frente do prédio quando atingida pelo sol.

Um grande tanque no térreo coleta e armazena água para a queda das águas.

O tempo de preparação é de duas horas e o espetáculo é movido por quatro bombas grandes que elevam a água reciclada a cem metros de altura antes de cair em cascata ao lado do enorme prédio. Uma hora de exibição acrescenta 118 dólares à conta de eletricidade do arranha-céu.

O feito de engenharia enfrentou enormes desafios durante sua construção e, por causa dos custos de eletricidade, que se acredita serem superiores a US$ 100 por hora, a cachoeira só é ligada em ocasiões especiais.

Logo, muitas pessoas reagiram negativamente ao projeto, considerando-o um desperdício. O residente de Guiyang Tengyu Zhang não concorda, no entanto. “Pessoalmente, acho legal. Acho que é mais para mostrar o turismo da província de Guizhou. Como a cachoeira de Huangguoshu é a cachoeira mais famosa da China e está localizada em Guizhou, esta pode ser como um pequeno anúncio”, explicou ao portal The Bored Panda.

Situada no sudoeste da China, Guizhou é uma das províncias em mais rápido crescimento do país, onde múltiplos megaprojetos estão em desenvolvimento.

Além disso, Tengyu lembrou que ela não está sempre ligada. “Só se houver alguns eventos internacionais e importantes. Além disso, existem fontes nos parques e decorações de luzes na cidade moderna. Se você realmente considerar o aspecto do ambiente, então todas as outras [atrações] também devem ser fechadas”, resumiu.

Boom de construção civil

A cidade de Guiyang está experimentando um rápido crescimento à medida que a migração de outras partes da província aumenta para aproveitar o boom local da construção civil.

“Cinco anos atrás, ainda era uma das províncias mais pobres da China”, Tengyu disse ao Bored Panda. “Mas agora o governo quer construir um grande data center em Guiyang. Então a economia está se desenvolvendo rapidamente. Por exemplo, as bases para Apple, Google e Amazon ficarão em Guiyang”.

Galeria de Fotos

Fonte AB PM

Quer ser o primeiro a receber notícias exclusivas de Loucos por Engenharia?

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceito Ler mais